Sentimentos ocultos



Existem pessoas que sentem certa dificuldade em demonstrar os sentimentos. Conseguem sentir a necessidade da presença do outro, aquele famoso friozinho na barriga e, até mesmo amar. Porém, as suas emoções permanecem recônditas, não conseguem ser visíveis ou sentidas pelo outro. Talvez seja medo, vergonha, insegurança, timidez... Todos esses sentimentos atrelados podem ser responsáveis pela ausência dessa atitude. Atitude de dizer que ama, demonstrar de fato o que sente. Mas o tempo não para, ele segue. Talvez a pessoa a qual você ame está esperando uma atitude há muito tempo e, pela falta da mesma, ela acabe acreditando que não é correspondida. Mas você pode se perguntar: “Sim, eu amo, eu posso falar isso para ele (a), e se eu não for correspondido (a)?”
Eu acredito que não custa nada tentar, dá o primeiro passo, confiar em si mesmo. O que realmente não dá é você deixar o tempo passar, não tomar nenhuma atitude e não ter uma certeza concreta.
Eu tenho um pensamento comigo de nunca deixar de falar o que realmente eu sinto pela pessoa, principalmente, se for algo bom. Se eu gosto, eu falo; se eu amo, eu não escondo. Devo admitir que às vezes até me sinto triste quando percebo que não sou correspondida. Mas eu prefiro que seja assim. Eu quero que as pessoas pelas quais eu sinto amor, carinho, saibam disso e vejam o quanto são importantes para mim. Se o carinho da pessoa não for recíproco, mesmo que eu não me sinta bem, eu procuro aceitar, afinal, as pessoas não são obrigadas a gostar de mim.
Porque esconder tão belo sentimento? Porque deixar para amanhã o que podemos fazer hoje? Hoje é o dia, hoje é o momento, é a hora certa para você fazer tudo que tem vontade. O amanhã pode não existir, e as pessoas as quais você amou verdadeiramente podem não estar mais lá para ouvir tudo o que você tem a falar para elas.

"Ah, não tente explicar

Nem se desculpar

Nem tente esconder
Se vem do coração

Não tem jeito, não

Deixa acontecer..."

(Vinicius de Moraes)

Sinceramente... eu quero distância





É impressionante como tem pessoas que insistem em ser desagradáveis. Parece que ser humilde cansa, que ser gentil dói. E o pior, elas parecem sentir prazer em agir dessa forma. Sinceramente, quero distância de pessoas assim. Faz-me mal ouvir, conversar, ter contato com pessoas dessa índole. Sabe o que eu penso a respeito delas? São pessoas mal-amadas, que não conseguem atingir os objetivos e acreditam que ninguém mais pode se dar bem na vida. Então passam boa parte do tempo criticando, incomodando, tentando tirar a paz e o sossego do outro.
Eu vejo que falta mais amor, mais atenção, mais humildade, carinho no mundo. Pessoas vivem se gladeando por um espaço, querem ser sempre melhores, querem estar sempre à frente, e para isso fazem qualquer coisa. Roubam, matam, humilham... Onde iremos parar? Que futuro terá os nossos filhos, os nossos netos? É muito triste ver que boa parte da sociedade age cada dia pior. E mais triste ainda, é ver que por mais que façamos a nossa parte, sempre aparecerá um engraçadinho que irá querer atrapalhar tudo. Bom, mas isso, definitivamente, não importa. O que importa mesmo é saber que o pouco que fazemos é importante para fazer alguém sorrir, fazer alguém se sentir bem com a nossa presença. E pessoas como apresentei a pouco não merecem nossa atenção, não merecem que percamos o nosso ânimo e a nossa vontade de fazer o melhor por quem quer que seja. O bom mesmo é esquecer que esse tipo de pessoa existe. Façamos isso então!


"Todos aqueles, cuja alma é sufocada pela soberba e a arrogância, sempre estão fazendo se identificar também pela ingratidão, um dos mais baixos sentimentos que assolam a humanidade"
(Ivan Teorilang)

Afinal, o que é o ciúme?



Muito se fala sobre o que venha a ser o ciúme. Uns falam que é a verdadeira demonstração de amor, outros, que é sentimento de posse. Falam que é uma das formas de demonstrar que se ama, pelo fato de querer aquela pessoa por perto, não aceitar “dividi-la” com outro alguém, querer a todo o instante estar junto àquela pessoa. E é justamente por essas razões que algumas pessoas acreditam que o ciúme é um sentimento de posse. Essas pessoas que veem por esse lado, geralmente, acreditam que quem ama verdadeiramente, confia, e se você confia naquela pessoa, não há motivos para sentir-se inseguro quanto ao que ela faz ou a maneira como ela se relaciona com as outras pessoas. Já a versão do ciumento é que, “quem ama, cuida.”
De fato, quem ama, cuida. Mas pense bem, se você ama mesmo uma pessoa, você quer vê-la feliz, não é? E você, que é ciumento (muito ciumento), acredita mesmo que as atitudes que você toma, quando sente ciúmes, agradam a pessoa que está ao seu lado? Ela sente-se realmente feliz com o que você diz e faz naquele momento?
Eu confesso que já fui uma pessoa muito ciumenta, daquelas que não conseguem controlar, que age por impulso. Mas chegou um momento em que eu resolvi me colocar na posição daquela pessoa pela qual eu sentia ciúmes. E vi que não seria nada legal se ela fizesse comigo o que eu estava fazendo com ela. Ciúmes, todos nós já sentimos. E pra falar a verdade, dependendo da maneira como esse ciúme é demonstrado, é algo até “bom”. Bom se for um ciúme sadio, sem exageros, sem atropelos. O que não é nada bom é você querer escravizar àquela pessoa, querer ser dona. Então, eu resolvi mudar. Controlar meus sentimentos, porque quem ama, quer o bem, quer ver a pessoa feliz. E, para mim, isso é cuidar, isso é amar.

"Se o ciúme é sinal de amor, como querem alguns, é o mesmo que a febre no enfermo. Ela é sinal de que ele vive, porém uma vida enfermiça, maldisposta."
(Miguel de Cervantes)

Trajetórias da vida




Se olharmos para o nosso passado podemos perceber as várias mudanças pelas quais passamos. Claro, tudo muda, nós mudamos. Algumas vezes as coisas mudam para melhor, outras vezes não são mudanças muito satisfatórias. Agora, como você encara as mudanças que ocorrem em sua vida, é algo que difere muito a pessoa que você é ou possa vir a ser. Como tudo nesse mundo, existe o lado bom e ruim das coisas. E possa ser que até mesmo nas coisas ruins você possa tirar algo de bom para a sua vida. Sim, isso é possível. Às vezes algo ruim nos acontece para que saibamos valorizar algo ou alguém.
É importante pararmos um pouco e ver em quem estamos nos transformando. Se as experiências, os anos vividos, os amores conquistados ao longo dos anos, está fazendo de você uma pessoa melhor. Olhar para dentro de si e ver o que você quer do mundo e o que você pode oferecê-lo.
Será que o que você faz hoje, os lugares que frequenta, os grupo de amigos ao qual você faz parte, faz de você uma pessoa melhor? Acrescenta algo à sua vida, ou ainda, você acrescenta algo à vida dessas pessoas? Acredito que isso seja algo que deve ser pensado, principalmente por você, que não quer fazer dos seus momentos um simples passar de tempo, sem algo realmente útil para ser escrito nas páginas do livro da vida.

"Muitas das circunstâncias da vida são criadas por três escolhas básicas: as disciplinas que você decide manter, as pessoas com quem decide estar, e as leis que você decide obedecer."
(Charles Millhuff)

Mentiras... NÃO me interessam.


Hoje, resolvi falar de algo que me incomoda muito. Mentira.
Bom, acho que não só a mim como a muitas pessoas.
Claro que, como ninguém é perfeito, todos já mentimos um dia, ou pelo menos omitimos algo. Mentimos para aquela amiga que foi ao salão, passou horas e horas, e no final o penteado não ficou muito legal, então para não piorar a situação, já que não haverá outro jeito, falamos que ela ficou linda. Omitimos alguns detalhes dos nossos passeios ao nosso marido ou namorado para não deixá-lo nervoso a respeito de algo que nos aconteceu.
Esses tipos de mentiras e omissões são até toleráveis. Porém, o que não é tolerável é você passar boa parte do seu precioso tempo achando que tudo está bem, quando na verdade, tudo o que você ouve não passa de uma mentira bem contada.
Então você descobre a verdade e tudo começa a ficar claro. Você começa a lembrar de alguns detalhes que passaram despercebidos, afinal, tudo “era verdade”, porque esses detalhes teriam importância? É, mas esses pequenos detalhes fazem toda a diferença nessas horas.
Infelizmente temos que aprender a lidar com essas situações, porque um dia ela irá nos acontecer. E, quando acontecer, não adianta você ficar chorando pelos cantos, porque isso não irá minimizar a sua dor, pode ter certeza.
Procuro acreditar nas pessoas, não me sentir tão insegura quanto ao que elas falam. Mas confesso que sou uma pessoa observadora, e cada palavra, gesto, atitude são fundamentais para que eu conheça realmente quem é aquela pessoa a quem eu estou me relacionando.
Embora eu tenha falado sobre mentiras toleráveis e intoleráveis, mentira é sempre mentira, e mais cedo ou mais tarde ela irá surtir algum efeito, e na maioria das vezes um efeito nada agradável. Afinal:

"Nenhum mentiroso tem uma memória suficientemente boa para ser um mentiroso de êxito." (Abraham Lincoln)

O tempo explica




Chega um momento em sua vida em que você começa a se perguntar o porquê de algumas coisas acontecerem de um jeito e não de outro. Você passa boa parte do seu tempo se questionando e nenhuma resposta encontra para solucionar o seu problema. Sim...problema. É o que muitas vezes esses questionamentos trás para a sua vida. É difícil aceitar. É difícil entender que nem sempre as coisas acontecem do jeito que imaginamos e desejamos. Você sente-se frustrado, cabisbaixo, e nada parece te agradar. Até que em alguma etapa de sua vida você descobre que tudo tinha que acontecer da forma como aconteceu. Seja para conhecer uma pessoa que você não conheceria se isso não tivesse acontecido em sua vida, seja para tornar-se madura o suficiente para não errar uma segunda vez ou, simplesmente, para ver que as coisas não acontecem em nossa vida quando e como queremos, e sim no momento e da forma que tem que ser. Muitas vezes isso aconteceu comigo. Confesso que me senti da forma que apresentei a pouco, mas hoje entendo porque teve que ser da forma que foi. E muito do que aconteceu foi importante para que eu fosse o que hoje sou, para pensar da forma que penso e para ver as coisas do jeito que vejo. De tudo isso que expus nessas poucas linhas, tem uma frase que resumiria o que aqui deixei.    
"A vida já é curta, e nós a encurtamos ainda mais desperdiçando o tempo." ( Victor Hugo )   
Então, não desperdice o seu tempo pensando em como tem que ser, quando tem que ser. Viva o hoje. Aproveite cada momento, deixe que as coisas aconteçam naturalmente. E o mais importante, SEJA FELIZ!!
 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti