A escolha é sua!


O mundo nos oferece tantas opções, tantos caminhos a seguir, que às vezes parece que você se perde em meio a tudo isso e não sabe o que fazer. São receios, questionamentos, confusões que te deixam ainda mais aflito. Uma hora queremos abraçar todas as oportunidades que nos aparece, outra hora desistimos sem nem tentar lutar por apenas uma. Tudo isso é uma questão de escolha, decisão. O primeiro passo é decidir o que se quer, o segundo é lutar por isso. Haverá quem queira te derrubar, quem irá te falar que isso não é para você, que você está no caminho errado. Mas, e daí? É o que VOCÊ quer, é o que te faz feliz. Você passa a vida toda estudando em uma escola que não te agrada, para agradar aos seus pais; leva uma vida cheia de regras com medo do que os outros irão falar de você se você falhar em apenas uma delas. Eu tenho que ser assim, eu tenho que fazer assim... Sim, você tem que ser e tem que fazer, mas você é feliz sendo e fazendo isso? É a sua vida, a escolha é sua. Se você quer seguir por um desses caminhos que a vida te oferecer, não hesite em lutar. Não tenha medo de arriscar. Busque sempre o melhor para você independente do que os outros pensarão ou irão falar a respeito. Você só tem essa vida, faça dela o que você acha que deve ser feito. Pare, escolha um caminho, siga em frente e jamais se arrependa. Faça valer à pena!

"Destino não é uma questão de sorte, mas uma questão de escolha; não é uma coisa que se espera, mas que se busca." (William Jennings Bryan)

Até que ponto essa dupla de sentimentos atrapalha?


Não sei o porquê de a dúvida e a insegurança fazer-se presente na vida de algumas pessoas de forma tão intensa. É uma desconfiança sem fim. Parece que tudo o que se ouve é mentira e tudo o que se vê está disfarçado. Nada é do jeito que parece.
Podemos perceber isso em alguns relacionamentos. Na maioria das vezes essa insegurança parte da mulher (devo admitir). Ela jura que o namorado ou marido não está naquele famoso futebol de final de semana. Começa a imaginar coisas, situações e até mesmo cheiro de perfume na camisa. Embora isso aconteça em alguns casos, não devemos generalizar. Às vezes, vocês homens, estão até falando a verdade, mas a dúvida e a insegurança não deixa que sua mulher ou namorada se convença disso tão facilmente. Porém, essa dupla não faz parte apenas do mundo feminino. Elas, de vez em quando, acompanham alguns homens também.

Quanto ao meu relacionamento, eu confesso que não ajo assim não. Eu sei parar, pensar e esperar. Afinal, um dia a verdade vai aparecer, então porque sofrer antecipado? Agora, quanto a minha vida social, eu sou um pouco... Não vou dizer insegura, mas costumo não acreditar em tudo tão facilmente. Gosto de observar bem as pessoas e ver se realmente elas agem de acordo com o que apregoam. Então é aí que a dúvida entra, porque tem pessoas que conseguem mentir bem, então não tem como saber o que é verdade ou não. Já outras, falam a verdade e eu fico na dúvida e acabo magoando-as. Mas também, não dá para acreditar em tudo e em todos sempre, não é? Acredito que não dá e nem devemos fazer isso. Devemos ter sempre a nossa própria visão a partir daquilo que nos é apresentado. Não me refiro à visão ocular, mas a visão crítica. Porém, devemos fazer isso sempre de forma moderada, por que:

"Erram tanto o que suspeita demais quanto o que demais confia." (Denis Diderot)

O que você pode fazer por eles?




Sujos
Sedentos
À espera de um carinho
À espera de alimento
Olhar que pede socorro
Corpo que pede conforto
Expostos à chuva, ao sol, ao relento

Eles não falam
Eles apenas sentem
Sentem dor
Sentem frio...

Assim vivem os animais abandonados
Assim vivem aqueles que são capazes de nos alegrar
Sem precisar falar
Fazer-nos companhia
Sem querer nada em troca
Defender-nos perante um perigo.

Eu fiz a minha parte
Eu tirei um cão das ruas
E você, o que pode fazer por eles?

Joyce Kelly

AMO VOCÊ! Será que ama mesmo?






Amor. Palavra tão facilmente escrita, tão facilmente pronunciada.
AMOR. Sentimento tão nobre e de imensurável valor.
Fala-se do AMOR de uma forma tão banal que ele chega a perder o seu real sentido, a sua essência. Ouve-se falar dele em livros, jornais, revistas, internet... Mas será que esse sentimento está de fato presente todas as vezes que essa palavra é pronunciada? Seria bom se isso realmente acontecesse, mas infelizmente a realidade é outra. Como já falei em outro texto, é bom falar que se ama, é bom ouvir que se é amado, mas se isso realmente for verdade, se o sentimento está realmente presente no interior daquele que o pronuncia.
Para mim, amar é:
Cuidar.
Saber dizer sim ou não na hora certa.
Respeitar as diferenças.
Estar presente nos momentos alegres e nos tristes.
Querer o bem do outro, mesmo que este bem não seja ao seu lado.
Embora muitos falem que amam, poucos realmente o sente, poucos se doam ao amor. Doar-se ao amor, a meu ver, é além de querer ser feliz, querer fazer o outro feliz também. Porque em muitos casos buscamos o amor no outro e esquecemos que ele deve estar primeiramente em nós. Devemos ter AMOR suficientemente dentro de nós para que possamos dividi-lo com o outro. Para poder falar que se ama verdadeiramente. Esse amor ao qual eu me refiro, é o amor amigo, amor fraterno, amor conjugal... Enfim, é o amor que devemos ter por todos aqueles que fazem de nossa vida um mundo de experiências inesquecíveis.
Não faça do amor um sentimento comum. Ele é o mais belo e puro sentimento da vida, portanto precisa ser sentido de forma singular.

"Amor e desejo são coisas diferentes. Nem tudo o que se ama se deseja e nem tudo o que se deseja se ama."
(Miguel de Cervantes)

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti