O outro lado




Algumas vezes, do nada, encontramos pessoas, conversamos sobre conversas banais e nem sequer nos damos conta de que ali, a nossa frente, pode estar o nosso (a) melhor amigo (a), o pai (a mãe) de nossos filhos ou simplesmente o nosso maior inimigo. É interessante como as pessoas surgem em nossa vida e a maneira como elas a transforma. Quem diria que aquele garoto chato do 1° ano iria ser o pai de seus filhos? Quem diria que aquela pessoa a qual você achava se sentir superior em relação aos outros, seria sua melhor amiga hoje? Ou ainda, que aquele homem ou mulher que você pensava ser sua alma gêmea, seria o seu maior pesadelo, transformando a sua vida de melhor para pior? É... Nunca sabemos ao certo com quem estamos falando, com quem estamos nos relacionando. Na verdade, acredito que cada pessoa tem um lado que só é mostrado em algumas situações. Ninguém é cem por cento o que mostra ser. Sempre existe o outro lado da moeda. Resta saber quando e em que momento esse outro lado será revelado.

"Somos todos pontas de icebergs, só deixamos amostra parte do que somos." (Martha Medeiros)


♩♪♫♬ A música... ♩♪♫♬


Seja rock, pop, mpb, axé... A música está em todos os lugares e é quase impossível haver alguém que não goste de ouvi-la. Seja para sorrir, para chorar, para dançar, seja simplesmente para parar e refletir. Tem música que nos emociona, que nos faz recordar momentos, pessoas. Músicas que dizem o que queremos dizer, que falam por nós. Há aquelas que ouvimos quando estamos tristes e queremos nos sentir melhor; as que nos faz refletir sobre a vida; as que nos faz dançar sem que percebamos. Começamos balançando o pé, a cabeça, e quando nos damos conta já estamos movimentando todo o corpo. Quem não gosta de ouvir músicas? Quem nunca cantou, mesmo que seja desafinado, aquela música preferida? Há música para todos os gostos e estilos. Algumas são tidas como de prestígio, outras como sem conteúdo. E, definitivamente, gosto não se discute. O que é bom para mim pode não ser bom para você e vice e versa. Independente de qual estilo você prefere, de qual tipo de música agrada aos seus ouvidos, o bom mesmo é aproveitarmos essa arte. Arte que encanta a tantos de forma diferente e ao mesmo tempo tão igual, porque tem em si o propósito de alegrar e fazer bem.

"A música expressa o que não pode ser dito em palavras mas não pode permanecer em silêncio." (Victor Hugo)

Valorize-se


Algumas mulheres dedicam-se tanto ao parceiro que esquecem de si próprias. Vivem a sua vida para agradar e satisfazer o homem (não que isso seja ruim, mas tudo tem limite). Chegam a abdicar de sonhos e ideais para estar ali, ao lado de alguém que, às vezes, não retribui a tanta entrega.
Em geral, mulheres como apresentei a pouco, são mulheres inseguras, que não conseguem olhar para si como alguém capaz de amar e ser amada. Elas, mesmo percebendo que o relacionamento não está bem, insistem em querer continuar. É como se a simples “presença” do homem fosse fazê-la feliz. Convivendo e observando pessoas assim, eu pude perceber que são pessoas extremamente ciumentas, que vivem na total dependência da atenção do outro e que, para tê-la, fazem de TUDO. Não sei se essa obsessão pelo outro pode ser chamado de amor. Que amor é esse? Descontrolado, desmedido...
Não posso responder por todos, mas se você parar para analisar você verá que tanto homens quanto mulheres, quando se valorizam e se amam tendem a ser mais felizes e admirados. Se você é uma pessoa insegura, você irá passar insegurança; se você é uma pessoa que não se valoriza, quem irá valorizar você? Para mim, não importa se você é bonita ou feia, magra ou gorda, se você souber valorizar as suas qualidades e usá-las ao seu favor, já é um grande passo para você ser uma pessoa feliz no que quer que você faça.


A nossa maior riqueza


Vivemos em um mundo agitado. Esbarramos com pessoas nas ruas, desviamos de carros no trânsito, passamos horas em frente ao computador... Toda essa agitação parece nos consumir. E isso sem que percebamos. Não dormimos bem, esperando o outro dia para dar início a um novo projeto; não temos tempo para a família, porque precisamos trabalhar mais para comprar um carro novo; não temos tempo para conversar com os nossos filhos e ajudá-los diante de uma dúvida ou descoberta, e assim seguimos nessa desordem, nessa inquietação. Para que tudo isso? Porque essa busca incessante? Uma busca que te exauri, que parece nunca ter fim. No fundo sabemos que são coisas efêmeras, coisas as quais um dia ficarão para trás. Nada disso irá conosco no dia de nossa partida. Mas, mesmo com toda essa certeza, não conseguimos agir de outro jeito. Queremos sempre mais e mais. Sempre falta algo, nada está completo. Busquemos o luxo, busquemos a agitação, mas jamais nos esqueçamos de quem está ali ao nosso lado, de quem nos dá a mão quando precisamos, daqueles e daquilo que realmente nos faz feliz, não uma felicidade de momento, mas uma felicidade duradoura. Porque são eles os nossos melhores bens, a nossa maior riqueza.

"A riqueza é um dos meios para vivermos felizes, mas os homens fizeram dela o único objetivo de vida." (Anatole France)


 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti