A nossa maior riqueza


Vivemos em um mundo agitado. Esbarramos com pessoas nas ruas, desviamos de carros no trânsito, passamos horas em frente ao computador... Toda essa agitação parece nos consumir. E isso sem que percebamos. Não dormimos bem, esperando o outro dia para dar início a um novo projeto; não temos tempo para a família, porque precisamos trabalhar mais para comprar um carro novo; não temos tempo para conversar com os nossos filhos e ajudá-los diante de uma dúvida ou descoberta, e assim seguimos nessa desordem, nessa inquietação. Para que tudo isso? Porque essa busca incessante? Uma busca que te exauri, que parece nunca ter fim. No fundo sabemos que são coisas efêmeras, coisas as quais um dia ficarão para trás. Nada disso irá conosco no dia de nossa partida. Mas, mesmo com toda essa certeza, não conseguimos agir de outro jeito. Queremos sempre mais e mais. Sempre falta algo, nada está completo. Busquemos o luxo, busquemos a agitação, mas jamais nos esqueçamos de quem está ali ao nosso lado, de quem nos dá a mão quando precisamos, daqueles e daquilo que realmente nos faz feliz, não uma felicidade de momento, mas uma felicidade duradoura. Porque são eles os nossos melhores bens, a nossa maior riqueza.

"A riqueza é um dos meios para vivermos felizes, mas os homens fizeram dela o único objetivo de vida." (Anatole France)


4 comentários:

ALIMAC disse...

A gente acaba não dando valor as verdadeiras riquezas, que já estão entregues a gente.

www.teoria-do-playmobil.blogspot.com

Kαmile Rαbelo disse...

Adorei o texto Joyce, realmente as pessoas vivem numa busca incansável e nunca se contentam, deixando de lado as verdadeiras riquezas e o que realmente importa. Espero que muitas pessoas possam ler seu texto e ver a vida com esse mesmo olhar que teve ao escrever. Bjinhus

LETÍCIA CASTRO disse...

Isso mesmo, será sempre um servo, boa.

Eu tb acho que é uma arte saber dar valor a quem está perto de nós, e principalmente, dar valor e amar a essas pessoas.

Beijos!

Bruna disse...

Com certeza Joyce! o consumismo nos consume mais e mais a cada dia e acabamos esquecendo de consumir o que há de melhor na vida... o "amor"
acabamos esquecendo das pessoas que estam ao nosso lado, de coisas tão simples porque sempre estamos ocupados nos dando ao máximo pra conseguir o luxo, o conforto. Temos que conseguir criar um jeito de ir a luta pelos ideais sem esquecer de quem traça esse caminho conosco.
lindo teeexto, amei.
beijos.

Postar um comentário

Seu comentário pode ser seu cartão de visita.

Obrigada pelo comentário!

 
© Template Scrap Suave|desenho Templates e Acessórios| papeis Bel Vidotti